O que é Marketing de Conteúdos? A resposta resumida.

«O Marketing de Conteúdos é a maneira de interagir com o seu público e crescer o seu número de clientes através da produção de conteúdos úteis e valiosos que atraem e envolvem as pessoas, gerando valor, de forma a que exista uma perceção positiva da sua marca, aumentando assim as vendas.»

 

O que é Marketing de Conteúdos

«O marketing de conteúdos é uma abordagem estratégica focada na criação e distribuição de conteúdos valiosos, relevantes e de forma consistente para atrair e reter uma audiência claramente definida – e, consequentemente, levar o cliente a tomar uma ação de compra.»

O Marketing de Conteúdos é usado por marcas líderes

A pesquisa anual do The Content Marketing Institute releva que a maior dos marketers usa Marketing de Conteúdos. É também usado por muitas organizações de renome, como a P&G, Cisco Systems e John Deere. É também usado por pequenos negócios, por todo o mundo fora.

Conteúdos são o combustível da Era da Informação

Para que consiga compreender na totalidade sobre o que se trata o marketing de conteúdos, seja um diretor de uma PME, ou um estudante de marketing/comunicação, é necessário que domine algumas bases chave.

Análise de contexto do Marketing de Conteúdos em relação ao consumidor

Pré-Internet

Pré-Internet o consumidor necessitava de uma pessoa de vendas que o informasse sobre tudo aquilo que um produto ou serviço poderá fazer por ela. Desta forma, quando falava do produto, através da publicidade tradicional estaria concentrado no Fundo do Funil de Vendas.

Ou seja, iria apenas apontar os seus esforços para clientes prontos a comprar, que representam uma minoria dentro do seu público.

Pós-Internet

No mundo pós-internet, o consumidor recorre a esta mesma para recolher a sua informação. Isto significa várias coisas e tem várias implicações para as empresas. Significa que:

  1. O consumidor usa a Internet como principal fonte de informação para esclarecimento de dúvidas
  2. O consumidor tem o poder nas mãos com este novo acesso a informação de forma tão completa

Para a sua empresa/negócio, isto significa que o consumidor está online à procura de resolução para questões. Questões às quais sabe responder. Problemas que você sabe resolver.

Pois bem – É altura de começar a tirar vantagem disto para a sua empresa.

O marketing de conteúdos foca-se na criação de conteúdos valiosos que resolvem problemas das suas personas.

O que envolve o Marketing de Conteúdos?

O marketing de conteúdos é um conjunto de diferentes tipos de conteúdos, estratégias, métodos e métricas, que juntos num todo formam o sucesso do seu marketing.

Tipos de conteúdos em Marketing de Conteúdos

A expressão conteúdos engloba diferentes formatos passíveis de serem explorados como meio para entregar a sua mensagem ao cliente. Na lista em baixo vemos alguns dos tipos de conteúdos que poderá criar:

  • Artigos de Blogs
  • Ebooks (Livros Digitais)
  • AudioBooks
  • Webinars
  • Infografias
  • Podcasts
  • Vídeos (Conteúdos Audiovisuais)
  • Whitepapers
  • Quizzes
  • Muitos outros

Existem muitos tipos de conteúdos no Marketing de Conteúdos, mas se gostaria de uma definição mais geral, pense neles desta forma: tudo o que usar para motivar o fecho de uma venda pode ser considerado Marketing de Conteúdos. Isto envolve escrita (copywriting) para textos de produtos/serviços, multimédia (para imagens, vídeos, som), testemunhos de clientes, informações de entrega, informações de devolução, estatísticas da Indústrias, análises – recorde-se, o objetivo dos conteúdos no Marketing de Conteúdos é providenciar valor para os seus clientes e levá-los até ao Fundo do Funil, onde se tornarão clientes.

Diferentes métodos de Marketing de Conteúdos

O marketing de conteúdos é multidisciplinar e envolve diferentes métodos:

Diferentes canais de marketing e diferentes métricas

O fator chave do sucesso do marketing de conteúdos, para além de um bom planeamento, para maximizar esforços, e uma boa execução, é uma medição contínua dos esforços para encontrar novas informações e corrigir práticas erradas.

Canais de distribuição de conteúdos

Na sua estratégia de conteúdos irá usar diferentes canais para distribuir estes mesmos. Se visitar o nosso artigo sobre a Estratégia de Marketing de Conteúdos, irá rapidamente ver que colocamos uma grande ‘pressão’ na importância da distribuição – Isto é porque vemos que as pessoas cometem muitas vezes que a criação de conteúdos é o suficiente para o sucesso – Não é verdade! Necessita de promover muito bem os seus conteúdos pelos canais de distribuição. Ficam aqui alguns exemplos desses canais:

  • Redes Sociais – YouTube (Video), Twitter, Facebook, LinkedIn, Google+, etc (até redes da sua própria indústria). Para mais informação sobre marketing nas redes sociais, visite o artigo da DAT SEO sobre este tópico, clicando aqui.
  • Email Marketing – O uso de email para promover produtos/serviços pode ser também o uso de email para promoção dos seus conteúdos. A construção de uma lista de emails é muito importante e uma vantagem fantástica do marketing de conteúdos.
  • Blog – O seu blog é uma peça fundamental. Publicar os seus conteúdos em vários formatos e promover conteúdos no blog é parte essencial da sua estratégia. Os artigos do próprio blog são um tipo de conteúdo em si.

Métricas para Marketing de Conteúdos

Em todos os canais existem diferentes métricas chave, onde irá usar as ferramentas da plataforma, ou ferramentas de analítica externas para medir os seus esforços (o que é mais uma vantagem muito grande comparativamente aos meios tradicionais que não permitem eficácia na medida de esforços)

  • Volume de tráfego no seu site (quantas pessoas estão a visitá-lo)
  • Vendas
  • Taxa de Conversão (quantas visitas fazem registos/downloads)
  • Quantidade de Leads
  • Feedback dos Consumidores
  • Ranking das suas páginas nos Motores de Pesquisa (SEO)
  • Tempo de Visita (quanto tempo em média passa um visitante no seu site)
  • Qualidade das Leads
  • Crescimento nas Subscrições à Lista de Emails

A popularidade do Marketing de Conteúdos continua a crescer

No que toca ao Marketing Digital, o Marketing de Conteúdos revela ser o interesse principal das empresas, com previsões de continuar o seu crescimento como maneira preferida das empresas explorarem o seu potencial de rentabilidade online.

Eis a mudança de paradigma que se coloca – O Marketing de Conteúdos deixou de ser uma opção e passou a ser um elemento essencial da sua estratégia.

O Marketing de Conteúdos é para si

Está neste momento a gastar parte do seu orçamento de Marketing em meios tradicionais, e sente que não vê o retorno que deseja? Ou melhor, consegue de todo medir este retorno? Se lida com alguma destas questões nos seus esforços de marketing tradicional, então o marketing de conteúdos é para si.

A sua concorrência está a passar-lhe à frente

Não apostar em Marketing de Conteúdos significa mais do que mostrar uma inadaptação à maneira moderna de fazer marketing e aproveitamento das oportunidades digitais – Significa que a sua concorrência está a passar-lhe à frente.

Em vários estudos conduzidos é mostrado vezes sem conta que o marketing de conteúdos está não só cada vez mais popular, como também presente na maioria das empresas mundiais. Isto não exclui Portugal, o que significa, que ao ignorar esta forma de marketing digital, está a abrir as portas à sua concorrência para o passarem à frente em tudo o que é digital.

Ou seja, elas terão uma melhor presença online, terão melhores recomendações/avaliações online, irão providenciar melhores conteúdos e serem encontradas mais depressa do que você, angariando clientes online a um ritmo acelerador – clientes estes que poderiam ser seus.

E se isto não é razão que chegue, veja só estas vantagens.

O marketing de conteúdos resulta e gera leads porque é acréscimo de valor e traz vantagens muito grandes.

Vantagens do Marketing de Conteúdos

  1. Marketing de Conteúdos melhora o seu relacionamento com os clientes

Todos os clientes passam pela Jornada do Comprador. Apostar em Marketing de Conteúdos é apostar na presença constante perante as pessoas que lhe interessam, estejam elas na fase de Consciência, Consideração ou Decisão, ou seja, no Topo, Meio ou Fundo do Funil.

Também irá conseguir desta forma diminuir o ruído da concorrência, pois a sua marca cobre a Jornada do Comprador e estará presente na mente dos clientes.

  1. O Marketing de Conteúdos aumenta a interação com a sua marca

Uma marca à antiga é uma marca egoísta – Que fala 100% do tempo sobre si e dos seus produtos/serviços.

Isto significa uma taxa de interação reduzida, senão nula.

O Marketing de Conteúdos irá ajudá-lo a conseguir o verdadeiro apoio e interação das pessoas, porque está a falar com elas sobre o que elas precisam e se interessam – E isso é verdadeiro valor.

  1. Marketing de Conteúdos aumenta a visibilidade da sua marca/empresa

Se não está onde os seus clientes estão, alguém irá estar lá por si. Ou seja se não está presente online – porque vamos admitir, os seus clientes estão definitivamente online – será invisível para eles num mundo onde eles passam imenso tempo.

Ao apostar em Marketing de Conteúdos irá ter conteúdos de valor para dar aos seus clientes online (seja nas redes sociais, resultados das páginas da Google, blogs, etc)

  1. O Marketing de Conteúdos cria embaixadores de marca

É uma maneira de dar algo mais aos seus clientes, que os farão tornar-se verdadeiros embaixadores. É potenciar o networking online, o passa a palavra digital.

  1. Os conteúdos ajudam a levar visitantes a clientes – Aumentando as vendas!

Com conteúdos bem mapeados e dedicados em levar o comprador até ao Fundo do Funil, o marketing de conteúdos é mais do que aumento de visibilidade e embaixadores de marca – É uma verdadeira força de vendas.

Nutra os seus leads que recolhe através de formulários no seu site (oferecendo conteúdos extensivos e cheios de valor) e leve-as de visitantes a clientes, através de um processo personalizado e cheio de valor, com Email Marketing, Redes Sociais, Landing Pages e muito mais.

  1. O Marketing de Conteúdos ajuda a aumentar o número de vendas e vendas repetidas!

Aumente o número de vendas através de up e cross sales. As pessoas lembram-se das marcas que estiveram lá para as ajudar e irão retribuir o ‘favor’ com mais compras e mais recomendações.

Mais do que vender uma vez, é vender repetidamente – através de um contacto constante (e com valor!) com os seus clientes.

Vários estudos mostram que 70% das receitas das empresas vêm de clientes repetidos/recorrentes. Estude o relacionamento que mantém com os seus clientes, escolha os canais certos, a estratégia certa e veja as suas vendas a aumentar.

Como é que o Marketing de Conteúdos gera leads?

O marketing de conteúdos gera leads através da troca de informação por ofertas. Ao oferecer algo aos seus potenciais clientes, algo de real valor para eles, estes estarão dispostos a deixar a sua informação de contacto e outros detalhes que peça (em que empresa trabalham, qual o cargo, etc) em troca dessa informação que providencia.

A criação de ofertas é parte essencial do marketing de conteúdos é com elas que gera leads.

Marketing de Conteudos Exemplo de uma Landing Page
Exemplo de uma landing page (página de aterragem) muito simples, usada pela DAT SEO para lhe oferecer algo de valor (neste caso, para a nossa persona adequada) e pedir um pouco de informação sua em troca.

As pessoas que estão presentes no seu webinar poderão inquiri-lo sobre mais informação. As pessoas que fazem download do seu ebook ingressarão num processo de nutrição que lhes acrescentará verdadeiro valor, e dependendo da fase do Funil de Vendas em que estejam, a função desta nutrição é levá-las até ao fundo do funil, ou seja, o momento de compra. Assim, o marketing de conteúdos não só gera leads como também gera vendas, e está presente durante toda a Jornada do Comprador.

O marketing de conteúdos resulta e gera leads porque é baseado num verdadeiro acréscimo de valor por parte da empresa perante o potencial cliente, e porque esse valor é trocado por informação no momento de opt-in, iniciando um processo de nutrição.

Se necessita de gerar leads para o seu negócio, o marketing de conteúdos é a resposta para si, quer seja uma pequena, média ou grande empresa.

Como começar com Marketing de Conteúdos?

A DAT SEO escreveu extensivamente sobre como criar uma Estratégia de Marketing de Conteúdos para o seu negócio. Este tipo de marketing é acessível a todo o tipo de empresas, de todos os tamanhos e é o pilar de todos os seus esforços online, sendo o fio condutor que o ajudará na tomada de decisões devido aos dados que lhe fornece, portanto se ainda não começou, está na hora!

Defina objetivos

Como qualquer estratégia, o início dá-se sempre pela definição de objetivos! Para ler em detalhe sobre como definir os seus objetivos de Marketing, faça-o aqui.

Perceba bem a sua oferta e faça uma auditoria aos conteúdos atuais

Depois vá analisar bem a sua oferta de valor e por perceber que conteúdos já tem neste momento. Se possui um website, reveja as páginas deste. Se possui redes sociais, veja quem está nelas. Reveja o seu blog, se o tiver, e as landing pages.

Saiba com que está a comunicar – Construa as suas Buyer Personas

Não se esqueça que o fundamental do marketing de conteúdos é a troca de valor, e para comunicar aquilo que mais necessitamos é saber com quem estamos a falar – portanto faça a sua pesquisa de personas!

As personas são representações semi fictícias do seu cliente (ou clientes, poderá ter mais uma) ideal. Como tudo no marketing digital, irá querer basear-se em dados reais, portanto se já possui clientes, irá querer perceber

  • quem eles são,
  • quais as suas verdadeiras necessidades,
  • como chegaram até si,
  • que problemas querem resolvidos,
  • que desejos têm

E muitos mais (para detalhes visitar artigo Buyer Personas).

Este tipo de estudo irá dar-lhe a possibilidade de saber exatamente para quem está a falar.

Irá querer também saber onde estas pessoas passam o seu tempo a recolher informação, tanto para aprender como para entretenimento. Ao saber onde os seus potenciais clientes recolhem informação, irá saber onde apresentar a sua.

Isto é especialmente benéfico quando chegamos à parte da promoção dos conteúdos que fizemos.

Quando tiver as suas personas definidas, deverá alinhar as suas ofertas com as necessidades destas, para assim poder criar conteúdos que realmente oferecem valor aos seus potenciais clientes, e que estão criados para conduzir os clientes desde o momento em que interagem com os seus conteúdos até ao momento que percebem que o seu produto ou serviço é exatamente o que necessitam para resolver o problema que têm.

CURIOSIDADE: Sabia que vários estudos mostram que o Marketing de Conteúdos é a principal aposta de Marketing Digital das empresas? Entre Big Data, Automatização, Mobile, Redes Sociais, SEO, Media Paga, Banners e outras formas de Marketing Digital e na Internet, o Marketing de Conteúdos está nas tendências mais importantes e com mais aposta.

Mas com tanto falar de marketing de conteúdos, e agora que já tem uma compreensão extensiva sobre o que ele é, poderá estar a questionar-se: Como poderei gerar ideias para conteúdos?  Vamos lá ver!

Gerar ideias para Conteúdos

No backstage das equipas de marketing existem muito a acontecer – otimização de motores de pesquisa, promoção, melhoria de taxas de conversão – mas sem ideias para gerar conteúdos, todos os esforços para conduzir tráfego ao seu website e gerar leads serão em vão!

Tópicos para conteúdos poderão parecer escassos, mas esta ideia está errada!

Pense desta forma: enquanto o meu cliente tiver desafios, medos e objeções, eu tenho conteúdos para criar. E enquanto a minha área continuar a evoluir e a transformar-se, eu tenho conteúdos para criar. Mas sim, sei que estes princípios são bons para sabermos o motivo pelo qual criamos, mas vamos ver umas dicas realmente práticas para criar conteúdos.

Para as suas ideias e tópicos

Como já vimos, uma análise contínua das necessidades dos seus clientes e como melhor os pode ajudar será uma fonte eterna de ideias e tópicos para os seus conteúdos.

Como acréscimo a esta atenção aos seus clientes, poderá ler e absorver o máximo de conteúdos de diferentes fontes de informação relacionadas com os problemas que quer resolver para os seus clientes. Use feeds de notícias, esteja a par da sua indústria no máximo de aspetos que conseguir, seja através de Facebook ou LinkedIn, ou publicações próprias da mesma.

A organização é também um fator chave. Manter a informação organizada através de uma lista de ideias no seu smartphone ou bloca de notas, é uma excelente maneira de no momento de criação de conteúdos ter meia dúzia de tópicos macro e micro que quer explorar. Claro que, quando cria o seu calendário editorial, vai conseguir fazer isto automaticamente, porque tem um calendário a cumprir, e esta é uma das maiores vantagens de criar um calendário editorial.

Para as suas palavras chave

  1. Use as sugestões do Google

Poderá ter reparado que à medida que vai escrevendo algo na barra de pesquisa da Google, esta se auto completa. Aqui está uma maneira de ver boas ramificações e outros termos de pesquisa que o ajudarão a criar conteúdos para ajudar nos seus esforços de atração de tráfego

  1. Use o keyword planner do Google Adwords

A pesquisa de keywords (palavras chave) é muito importante para saber aquilo que as pessoas estão realmente à procura na internet. A ferramenta de keywords do Google Adwords é usado comumente para finalidades de PPC, mas isto não o impede de usar a função de planeamento de keywords para retirar boas ideias para a sua criação de conteúdos.

Marketing de Conteúdos: Conclusão

O Marketing de Conteúdos pode, por vezes, parecer contra-intuitivo para quem nunca ouviu falar ou já ouviu falar mas não sabe bem o que é e como se desenrola. Mas uma coisa é verdade – O Marketing de Conteúdos resulta e traz fantásticos retornos para as empresas.

É uma forma de Marketing Digital muito popular pelo seu baixo custo, mistura de esforços entre a empresa e as agências de marketing, e acessível à maioria das pessoas, trazendo bons retornos quando feito corretamente.

É uma maneira muito eficaz de usar a Internet a seu favor, mas também é um tipo de Marketing que funciona tanto online, como offline, como nos dois mundos!

Podemos concluir que o Marketing de Conteúdos é assim uma chave essencial na sua estratégia de marketing. Mais do que isso, vimos também que a sua concorrência muito provavelmente está a usar esta técnica.

Podemos ver também que recursos anteriormente aplicados em marketing tradicional são melhor aplicados no marketing digital, e especialmente no marketing de conteúdos. Assim, o Marketing de Conteúdos é uma melhor alocação do seu orçamento, pela capacidade de alta segmentação e medição de todas as métricas essenciais.

Ficamos a saber também que se já está a apostar em marketing digital, o marketing de conteúdos é ferramenta essencial na sua estratégia, elevando a sua visibilidade e retorno, e maximizando todos os esforços que já está a fazer.

Comece Marketing de Conteudos na sua empresa hoje - clique para mais informacao